Como planejar gastos com os filhos? Confira 7 dicas!

Como planejar gastos com os filhos? Confira 7 dicas!

como planejar gastos com os filhos

Uma das principais preocupações dos pais é como planejar gastos com seus filhos. Há uma série de despesas necessárias e mantê-las controladas é um grande desafio.

Ter organização é fundamental para que o orçamento com as crianças não estoure, atrapalhando outras obrigações familiares. Apesar disso, também é importante cuidar para que ele atenda de forma suficiente tudo aquilo que é necessário. Quer saber como conseguir isso?

O post a seguir trará 7 dicas importantes para você fazer um bom planejamento dos gastos com seus filhos, mantendo o foco e a disciplina. Continue com a leitura e confira!

1. Reserve um valor para despesas escolares

A educação é muito importante para os filhos, por isso, todo planejamento dessas despesas deve ser feito com muito cuidado. Os estudos são os principais gastos, então você precisa calcular o valor das mensalidades e já inserir no seu orçamento.

Há também outros investimentos relacionados à escola, como despesas com uniforme e material escolar (estes só uma vez ao ano, exceto em casos pontuais), dinheiro para lanche e transporte escolar.

Pense sempre que alguns desses gastos fixos podem variar, então sempre tenha uma pequena reserva a mais no seu orçamento, para ser destinada a essas despesas. Calcule tudo com precisão para não ter surpresas.

2. Separe uma quantia para a diversão

As crianças também precisam se divertir, de modo que você deve colocar isso no seu orçamento mensal. Esses momentos podem vir de diversas formas: cinema, praia, idas ao parque, saídas com os amigos e uma série de outras atividades.

Para que haja um limite nesses gastos, estipule uma quantia que será disponibilizada para esses momentos, mas sem revelar o valor aos seus filhos. É importante conversar com eles para que economizem, já que nem tudo será possível.

Deixe claro que não serão todos os finais de semana em que eles poderão sair, para que eles entendam a importância de escolher bem os momentos de diversão que demandem gastos.

3. Estimule atividades caseiras e mais baratas

Você precisa convencer seus filhos a realizarem atividades caseiras ou outras em que o custo seja reduzido. A partir do momento em que eles se tornarem mais flexíveis com essa ideia, seu planejamento ficará melhor e seus gastos mais enxutos.

Proponha momentos de diversão sem sair de casa! Deixe que eles chamem alguns amigos para visitá-los durante o fim de semana, assim os custos com diversão ficarão bem menores.

Além disso, estimule brincadeiras na rua ou no condomínio onde você mora. Essas atividades são extremamente saudáveis e não têm nenhum custo, sendo um verdadeiro respiro para o seu orçamento mensal.

4. Imponha limites para planejar gastos

Parte de um planejamento financeiro eficiente é gastar menos. Quando se tem filhos, essa tarefa fica ainda mais complexa, especialmente com os altos níveis de consumo aos quais as crianças e os adolescentes costumam ser expostos.

É preciso que eles saibam que nem tudo será possível, por exemplo, a compra de alguns artigos como smartphones, videogames, roupas e tênis de marca. Há uma gama de coisas que eles gostam, mas que nem sempre você poderá dar.

Conversar é a melhor maneira de fazer seus filhos entenderem que existe um planejamento financeiro familiar e que, se ele for descumprindo, faltarão recursos para áreas importantes como alimentação, educação e outras despesas.

Você pode planejar esse tipo de gasto no seu orçamento, mas é interessante que seja apenas em datas especiais, como aniversário, dia das crianças e natal.

Para estabelecer essas despesas no orçamento, fora das datas comemorativas, pense que o mais recomendável é limitar ao máximo, em prol de outras coisas mais importantes. Caso contrário seus filhos não conseguirão compreender o valor da organização financeira.

5. Contrate um plano de saúde

Entre as despesas fundamentais que citamos estão as que são relacionadas à saúde. O plano é a melhor opção, já que ele dá direito a uma série de consultas e procedimentos, além de oferecer a segurança de ter uma boa rede médica e hospitalar à disposição.

Organize seu orçamento contando com o plano de saúde e com possíveis medicamentos que seus filhos venham a precisar. Caso eles já tomem algum remédio, inclua esses valores no seu planejamento. Todo gasto com a saúde é fundamental e não deve ser preterido por nada.

6. Busque reduzir custos de forma inteligente

É importante que você saiba analisar todas as despesas com seus filhos, de modo que encontre brechas para poder reduzir os gastos de forma inteligente, sem que nada falte para eles. Para isso você precisa se dedicar!

Consulte suas anotações e veja em que área pode haver uma redução. Há uma série de possibilidades de conseguir isso. Veja alguns momentos em que você pode interferir para conseguir essa economia:

  • veja se é mais econômico lanchar na escola ou levar lanche de casa;
  • busque remédios genéricos, mais baratos e com a mesma eficácia;
  • converse sobre a possibilidade de comprar roupas de qualidade, mas com preços menores;
  • defina limite de tempo no uso dos videogames, assim você conseguirá economizar na energia;
  • limite o número de saídas mensais aos finais de semana, especialmente aos adolescentes;
  • evite levá-los para comprar materiais escolares, pois eles podem querer comprar muitas coisas. Traga apenas um item ou outro de uma escolha prévia deles.

7. Faça compras de mercado sem seus filhos

A alimentação é fundamental para qualquer família, especialmente quando há crianças nela. O orçamento deve ser o suficiente, com pouco espaço para itens sem tanta importância. É claro que os pais querem agradar os filhos com guloseimas, mas é preciso ter um limite nisso também.

Você não precisa excluir isso do orçamento, abrindo mão desse tipo de alimento, mas tenha um controle sobre esses gastos e, principalmente, não leve seus filhos para o mercado. Nem todo mundo consegue resistir a um pedido de uma criança, então evite os riscos e deixe-os em casa!

Com o planejamento é possível conseguir oferecer tudo aquilo que seus filhos precisam e merecem ao longo de todo o tempo em que estiverem sob sua responsabilidade financeira.

Com essas dicas você será capaz de planejar gastos com eficiência, ensinando aos seus filhos o valor de manter boas práticas financeiras. Gostou do conteúdo? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de mais assuntos interessantes sobre finanças.

Deixe um comentário

Leia também:

  • Quais veículos são aceitos como garantia do empréstimo?

    O empréstimo com garantia de veículo é uma opção financeira que permite aos solicitantes obter dinheiro emprestado usando o veículo como garantia. Isso significa que o bem será mantido como comprovação pelo banco ou instituição financeira até que a dívida seja paga. É uma alternativa para aqueles que buscam crédito, mas não têm uma boa

    15 de março de 2023
  • O empréstimo ajudando você na sua organização financeira

    Você sabe qual é a sua relação com o dinheiro? Você sabia que isso pode acabar afetando diretamente a sua organização financeira? Isso acontece porque quando você não consegue controlar os seus gastos ou ter um objetivo, pode acabar se endividando. Deixar de controlar a sua vida financeira é um erro mais comum do que imaginamos,

    16 de abril de 2023
  • Como funciona o empréstimo com garantia de imóvel?

    https://youtu.be/tsnRuETO9I4 O empréstimo com garantia de imóvel, também conhecido como refinanciamento de imóvel, é uma prática que vem ganhando cada vez mais força no Brasil e muito comum no exterior através da hipoteca. Atualmente, mais brasileiros estão passando a considerar essa linha de crédito no momento de obter um empréstimo junto a sua instituição financeira.

    15 de janeiro de 2023