Nome no SPC: saiba como conferir e o que fazer se ele estiver lá

Nome no SPC: saiba como conferir e o que fazer se ele estiver lá

Notícias que podem ser de seu interesse:

Infelizmente, é bem provável que você adquira uma dívida em algum momento da sua vida. E, nessa hora, você terá que arcar com as despesas e tomar todo o cuidado para não ficar com “nome sujo” ou, melhor dizendo, com o nome no SPC.

Ninguém quer estar nessa situação. Afinal de contas, encontrar-se em uma lista de endividados é um grande empecilho para conseguir realizar compras a prazo ou para obter alguns produtos de instituições financeiras.

Você já se perguntou como funciona esse tipo de cadastro? Como eles conseguem saber quem está ou não com problemas para quitar as suas dívidas? Neste texto, nós esclareceremos todas as dúvidas que você tem sobre o SPC. Confira agora mesmo:

O que é o SPC?

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) é um sistema de cadastro de nomes criado na década de 1950 pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Na época, o seu objetivo era garantir que os lojistas tivessem segurança a vender a prazo.

Hoje em dia, a instituição ou o empresário cadastrado no serviço tem ao seu alcance as informações de clientes de mais de 2,2 mil entidades de todo país. Inclusive, dados de:

  • indústrias;
  • grandes lojas;
  • serviços;
  • e pequenos lojistas.

Como funciona?

O cadastro no SPC é obtido por meio do consumidor que pode ser pessoa física ou jurídica. Ele preenche e assina um termo de adesão que autoriza a abertura dos seus dados por meio de um registro chamado Cadastro Positivo.

A partir daí, o seu histórico de pagamentos fica disponível para os bancos e para as lojas que estão credenciadas ao SPC. Os seguintes dados ficam à disposição das empresas:

  • o valor da compra;
  • os pagamentos;
  • as parcelas;
  • a data dos vencimentos;
  • a data dos pagamentos;
  • e os dados de cadastro do consumidor.

É importante saber que no histórico de pagamento estarão as informações das contas de luz, água, telefone, esgoto, despesas médicas, TV por assinaturas, assim como financiamentos, compras a prazo e dados de administradoras de cartões e de empréstimos.

Qual é a diferença entre o SPC, Serasa e SCPC?

Todos são serviços de consulta de dados para empresas e bancos checarem a situação financeira do seu cliente. Contudo, o Serasa é um sistema que possui dados de pessoas com problemas judiciais, dívidas vencidas e cheques sem fundos, além de informações de fontes públicas e oficiais.

Já o Boa Vista SCPC é muito semelhante ao SPC, possuindo também um extenso banco de dados. Entretanto, a principal diferença está relacionada a quem comanda a empresa. Enquanto o SPC é administrado pelo CDL, o SCPC é pelo Boa Vista Serviços. Além disso, das 3 empresas, apenas o SCPC permite que o consumidor tenha acesso aos dados de forma gratuita pela internet.

Em termos de números o Boa Vista SCPC tem 202 milhões de CPFs no seu banco de dados, enquanto o Serasa possui 185 milhões e o SPC, mais de 180 milhões.

Como consultar o nome no SPC ou Serasa?

Para saber como está a situação do seu cadastro na base da entidade, você pode fazer a consulta no site da entidade ou é preciso comparecer a um balcão do da mesma da sua cidade. O interessado deve estar com o seu CPF em mãos.

Ao consultar os seus dados, ele recebe um extrato com todas as informações da empresa que está devendo, assim como o valor da sua dívida.

No caso da consulta via internet, você deverá realizar seu cadastro no site da entidade. Existem serviços gratuitos, como por exemplo, consulta de score, e alguns serviços pagos que abrangem uma série de vantagens. Escolha a opção que for mais interessante pra você.

É importante destacar que o SPC e o Serasa não faz nenhum tipo de contato por telefone ou por e-mail. Quando há necessidade de entrar em contato, é enviado uma carta timbrada e endereçada ao consumidor.

Como “limpar o seu nome”?

Então você está com dívidas e infelizmente o seu nome foi parar no SPC ou no Serasa? Continue acompanhando que explicaremos como você pode limpar o seu nome. Veja:

Quite a sua dívida completamente

Parece óbvio, mas, de acordo com o Código do Consumidor, se você pagar a dívida à vista, o seu nome deve sair da lista de nomes sujos em no máximo 5 dias úteis.

Também é possível fazer um acordo e pagar a dívida por meio de parcelamento. Assim é criada uma nova dívida com novas condições de pagamento.

A antiga dívida é apagada, e o seu nome é retirado do cadastro em um prazo de 5 dias.

Negocie a sua dívida na justiça

Essa é uma alternativa que pode ser usada em 2 contextos. No 1º, apenas quando já se fez o pagamento, mas o seu nome ainda não foi retirado da lista. No 2º, o consumidor sofreu algum golpe e o déficit não é seu.

Ignore as dívidas que já têm mais de 5 anos

Essa questão é protegida por lei. No Código Civil, no artigo 206 §5º, está determinado que se a dívida não for cobrada em 5 anos no máximo, ela deve ser retirada do cadastro de proteção ao crédito.

Além disso, mesmo que a pessoa ainda tenha dívidas, ela só pode ficar cadastrada nesses serviços por um prazo de 5 anos. Depois, o cadastro deve ser extinto. Isso está previsto no Código de Defesa do Consumidor, no artigo 43 § 1º.

Além desses 3 meios, destacamos que em 2015, no estado de São Paulo, foi aprovada a Lei № 15.659, que diz que se o consumidor não assinar a carta de notificação de débito com Aviso de Recebimento, o seu nome não pode ser colocado na lista desses serviços.

Vale lembrar que é muito importante que o consumidor evite que o seu nome entre nessa situação. Ter um nome limpo não é só bom para a sua reputação como também facilita para que você consiga um cartão de crédito, faça financiamentos, empréstimos e obtenha outras facilidades financeiras.

Esperamos que, com nossas dicas, você esteja mais esclarecido sobre o que é ter o nome no SPC. Se tem dúvidas ou opiniões sobre esse assunto, deixe um comentário em nosso blog!

Deixe um comentário

Leia também:

  • Saiba quais documentos você precisa para fazer um empréstimo

    https://www.youtube.com/watch?v=YO4BTFsYjZY Principalmente após o período de pandemia, muitos brasileiros têm enfrentado dificuldades para manter suas contas em dia. Diante disso, uma solução que tem sido alvo de muitas pessoas, é a realização de um empréstimo. Caso você já tenha considerado todas as opções para conseguir sair do negativo, e tenha optado por solicitar um empréstimo,

    9 de fevereiro de 2023
  • Como garantir a segurança na hora de fazer um empréstimo?

    Muitas instituições financeiras e bancos espalhados por todo o país oferecem a modalidade de empréstimo aos seus clientes, mas, você sabe como garantir a segurança no momento da contratação? É muito importante se atentar ao tipo de contratação que está sendo feito, principalmente se o processo acontece de forma online. Isso porque, o empréstimo traz

    1 de março de 2023
  • Por que o empréstimo com garantia de veículo tem juros menores?

    Você já se perguntou por que os empréstimos com garantia de veículo costumam ter juros menores? Se sim, então você está no lugar certo! No mundo dos empréstimos, os créditos com garantia de veículo são uma das opções mais atraentes para aqueles que buscam taxas de juros mais baixas. Isso é possível porque os bancos

    22 de março de 2023

Está Negativado?

Use seu saldo FGTS e consiga um empréstimo

Com o Saque Aniversário FGTS, você consegue seu empréstimo, mesmo estando negativado.