O que fazer quando meu CPF está com restrição financeira?

O que fazer quando meu CPF está com restrição financeira?

CPF está com restrição financeira

Com o passar dos anos, o número de indivíduos com restrição financeira vem aumentando de maneira significativa. Isso ocorre devido a um grande volume de compras, perda da fonte de renda, entre outros. Logo, a falta de controle, na maioria das vezes, é fatal para suas finanças, além de prejudicar o orçamento.

Conseguir honrar todos os compromissos financeiros na data correta pode ser um desafio. No entanto, ter débitos pendentes é sempre um problema, já que as empresas não disponibilizam linhas de créditos para aqueles que apresentam alguma restrição no CPF. Portanto, se você tem uma conta com o pagamento atrasado, negociá-las pode ser ótima alternativa para retirar o se nome do cadastro de inadimplentes.

Continue a leitura deste post, confira o passo a passo para você verificar uma possível restrição no seu CPF e, se existir, descubra o que fazer para resolvê-la.

Quais as desvantagens que um CPF com restrições financeiras pode trazer?

Como mencionado anteriormente, o número de pessoas endividadas têm aumentado em decorrência de diversos fatores. Segundo o estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), no mês de julho 2019, o percentual de famílias com dívidas alcançou 64,1%, o que representa um aumento em relação aos 64,0% observados em junho.

Ter o nome incluído na lista do serviço de proteção ao crédito é uma experiência bastante desagradável, contudo, essa prática tem se tornado comum na vida de muitos brasileiros. Em razão disso, estar com o nome negativado ocasiona uma série de desvantagens a qualquer consumidor, como dificuldade de conseguir um crediário, solicitar um financiamento, cheque especial, entre outras situações que necessitam de acesso ao crédito.

Portanto, a solução é evitá-las. Para isso, é fundamental efetuar uma consulta do seu próprio CPF e iniciar os passos possíveis para limpar o seu nome, em caso de dificuldades financeiras.

Como consultar seu CPF e como quitar suas dívidas?

Agora que você já sabe as principais consequências de ter o nome negativado, você pode imaginar o constrangimento ao passar por essa situação, não é mesmo?

A seguir, confira um guia rápido e prático que vai ajudar você a se livrar de restrição financeira.

Conheça os sites para verificação do CPF

Com o avanço da tecnologia, é possível consultar a situação do CPF (Cadastro Nacional de Pessoa Física) no conforto da sua casa e, o mais importante, sem gastar nada. Diante disso, quem deseja verificar a situação do seu CPF, pode realizar uma consulta gratuita em serviços disponibilizados por bureaus de crédito, como o Serasa, Boa Vista e a Quod, uma fintech criada por meio da junção de cinco grandes bancos.

Ao acessar esse serviço, no momento da consulta, surge na tela o detalhamento de cada dívida, como valor e a empresa credora. Além disso, um dos principais benefícios ao adotar essa prática é o fato de negociar as dívidas diretamente com o próprio credor empresas, sem a necessidade de um intermediário.

Consulte os sites mais utilizados

Dentre as empresas de serviço proteção ao crédito que mais são utilizadas estão a Boa Vista SCPC e Serasa. Por meio delas, é possível realizar a consulta de forma gratuita. Sendo assim, para ter acesso a todas as informações, não é necessário contratar um serviço especializado.

Para iniciar a consulta, você precisa entrar no site e inserir os seus dados conforme forem solicitados. Em caso de restrição, é possível visualizar existência todas as suas pendências financeiras, desde que estejam registradas junto ao órgão de proteção ao crédito. Após essa etapa, informe e-mail e a senha e, com isso, você passa a ter acesso à área restrita.

Verifique suas dívidas atuais

Então, se você já acessou o site do Boa Vista SCPC ou Serasa, o próximo passo é verificar as suas dívidas atuais. Apesar de ser um processo trabalhoso, essa consulta na maioria das vezes é necessário, pois precisamos ter consciência e clareza da situação atual de modo a tomar as melhores decisões.

Com todas essas informações, é possível manter o saldo total atualizado e se programar financeiramente para a quitação dos débitos. Além do mais, você pode consultar o seu CPF quantas vezes precisar.

Escolha a melhor opção de negociação

Saber o valor total das suas dívidas é a primeira etapa para começar a restabelecer o controle das finanças. Se você sonha em sair da lista de inadimplentes o quanto antes, uma ótima alternativa é procurar o seu credor e renegociar o saldo pendente.

Entretanto, antes de realizar a negociação, tenha em mente todos os fatores que possam comprometer a quitação da pendência, visto que vários imprevistos podem surgir com o passar do tempo. Em razão disso, opte por um compromisso que você consiga cumprir.

Finalize o pagamento

Ao passarmos por todas as etapas de verificação da presença ou não de uma restrição, chegamos à fase do pagamento da dívida. Assim, se você está negativado há algum tempo, priorize a opção do pagamento à vista. Isso faz com que conseguira um bom desconto no momento da negociação ou escolha parcelas que caibam no seu orçamento.

Outro fato extremamente relevante é que após o pagamento da dívida, a responsabilidade de tirar o seu nome das listas de proteção ao crédito é do credor. Portanto, fique atento, pois ele deve solicitar a exclusão do seu nome dos bancos de dados em, no máximo, cinco dias úteis, contados a partir da data em que você quitou.

Apesar de tentar manter as finanças em dia, uma boa parte da população, uma hora ou outra, acaba passando por alguma dificuldade financeira, seja oriunda de imprevistos, falta de organização ou esquecimento em relação ao pagamento de uma conta. Dessa forma, é essencial tem um bom planejamento, de modo a evitar uma restrição financeira no seu CPF.

A preocupação em se livrar dos débitos pendentes faz com que muitas pessoas solicitem um novo empréstimo para voltar a ter uma vida financeira equilibrada, porém, é preciso avaliar se atitude realmente vale a pena. Se você ainda está em dúvida, aproveite para descobrir em quais momentos deve recorrer ao empréstimo.

Deixe um comentário

Leia também:

  • Vale a pena investir em um Empréstimo com Veículo em Garantia?

    https://www.youtube.com/watch?v=1y0DxntQxh0 Na hora de conseguir crédito, algumas empresas tendem a oferecer soluções que oferecem maior segurança à transação. Dentre elas, está o empréstimo consignado com veículo como garantia. Por que oferecer uma garantia na hora de contratar um empréstimo? O empréstimo nada mais é que uma transação por meio da qual o banco empresta dinheiro

    22 de janeiro de 2023
  • Estou negativado, consigo fazer um empréstimo?

    Atualmente, o número de pessoas na condição de inadimplência é muito alto no Brasil. É logo nessa hora que os indivíduos necessitam de algum meio financeiro para conseguir quitar as suas dívidas e limpar seu nome mas, pela sua situação, encontram mais barreiras para conseguir a liberação de crédito. Porém, existem instituições que possuem modalidades

    20 de janeiro de 2023
  • Como organizar uma empresa desorganizada? Veja 6 dicas práticas!

    Falta de planejamento financeiro, má gestão dos documentos, baixa quantidade de recursos e falta de padronização dos processos são alguns fatores que contribuem para o declínio de um negócio. Contudo, para se organizar empresa desorganizada, é preciso elaborar uma boa estratégia. É exatamente nesse ponto que muitos gestores se perdem. Assim, por não saberem como colocar

    15 de dezembro de 2022